quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Comunismo e os Dez Mandamentos

Pode uma pessoa ser comunista e católico ao mesmo tempo? Claro que não.


O decálogo nos manda:
“amar a Deus sobre todas as coisas”,
“não tomar seu Santo Nome em vão” e
“guardar os domingos e festas de preceitos”.


E o comunismo ateu tudo faz para extinguir a Fé, levar os homens à blasfêmia e criar obstáculos à normal e pacífica celebração do culto;

O Decálogo nos manda:
“honrar pai e mãe”,
“não pecar contra a castidade” e
“não desejar a mulher do próximo”.


O comunismo deseja romper os vínculos entre pais e filhos, entregando a educação destes em mãos do Estado. o comunismo nega o valor da virgindade e ensina que o casamento pode ser dissolvido por qualquer motivo, pela mais vontade de um dos cônjuges;

O Decálogo nos manda:
“não furtar” e
“não cobiçar as coisas alheiras”.


O comunismo nega a propriedade privada e sua tão importante função social;

O Decálogo nos manda:
“não matar”.

O comunismo emprega a guerra de conquista como meio de expansão ideológica e promove revoluções e crimes em todo o mundo;

O Decálogo nos manda:
“não levantar falso testemunho”.

O comunismo usa sistematicamente a mentira como arma de propaganda.


3 comentários:

  1. COMUNISMO OU SOCIALISMO E NAZISMO são filhos da mesma mãe; diferem-se apenas no “marketing”; ao fundo, igualam-se às ações. Ambos são fortemente estatizantes, opressores, materialistas e ateus, detestam todas a religiões, devotando ódio particular à Igreja Católica.
    O primeiro defende a primazia absoluta do Estado, o governo do proletariado, termo hoje considerado obsoleto, substituído por governo de trabalhadores. Indispõem-se contra pequenas, médias e grandes empresas, igualmente capital e empresas estrangeiras, por considerarem de o capital se sebrepor ao trabalho, em detrimento do enfraquecimento do Estado, o qual o socialismo considera como um “deus todo poderoso” dirigido por alguns poucos déspotas que se expurgam ferozmente entre si pela liderança, dispondo repressivamente de como lhe aprouver de disciplinamento de todo o aparato governamental e social. Os diversos partidos socialistas são facções em que cada um tenta melhor praticar a chamada “Tese do Partido”, uma espécie de manual do socialismo. Os exemplos atuais de sua performance e linha dura são Cuba, Coréia do Norte, etc. O NAZISMO atribui-se igualmente mesmos itens anteriores, como estatizante, opressor, materialista e ateu; difere no aspecto “raça”; sendo “ariano” é puro, considerado integrado ao sistema automaticamente; todas as mais impuras, exterminadas ou escravizadas, dependerá de conveniência e, na questão propriedade privada, à medida de se enquadrar na aceitação do modelo governamental é permitida. Irmãos gêmeos, mesmos objetivos, apenas itinerários diferentes.
    O católico que promover, aliar-se ou votar em candidatos desses partidos ou aliados são automaticamente excluídos da Igreja como apóstatas.
    O S Padre Bento XVI na cidade Erfurt, Alemanha, igualou socialismo/comunismo e nazismo a ambos de "chuva ácida"; "peste vermelha" e "peste negra" a cada um e com os mesmos efeitos deletérios à fé e sociedade.

    ResponderExcluir
  2. COMUNISMO OU SOCIALISMO E NAZISMO são filhos da mesma mãe; diferem-se apenas no “marketing”; ao fundo, igualam-se às ações. Ambos são fortemente estatizantes, opressores, materialistas e ateus, detestam todas a religiões, devotando ódio particular à Igreja Católica.
    O primeiro defende a primazia absoluta do Estado, o governo do proletariado, termo hoje considerado obsoleto, substituído por governo de trabalhadores. Indispõem-se contra pequenas, médias e grandes empresas, igualmente capital e empresas estrangeiras, por considerarem de o capital se sebrepor ao trabalho, em detrimento do enfraquecimento do Estado, o qual o socialismo considera como um “deus todo poderoso” dirigido por alguns poucos déspotas que se expurgam ferozmente entre si pela liderança, dispondo repressivamente de como lhe aprouver de disciplinamento de todo o aparato governamental e social. Os diversos partidos socialistas são facções em que cada um tenta melhor praticar a chamada “Tese do Partido”, uma espécie de manual do socialismo. Os exemplos atuais de sua performance e linha dura são Cuba, Coréia do Norte, etc. O NAZISMO atribui-se igualmente mesmos itens anteriores, como estatizante, opressor, materialista e ateu; difere no aspecto “raça”; sendo “ariano” é puro, considerado integrado ao sistema automaticamente; todas as mais impuras, exterminadas ou escravizadas, dependerá de conveniência e, na questão propriedade privada, à medida de se enquadrar na aceitação do modelo governamental é permitida. Mesma família, mesmos objetivos, apenas itinerários diferentes.
    O católico que promover, aliar-se ou votar em candidatos desses partidos ou aliados são automaticamente excluídos da Igreja como apóstatas.
    O S Padre Bento XVI na cidade Erfurt, antiga Alemanha Oriental, igualou socialismo/comunismo e nazismo a ambos de "chuva ácida"; classificou de "peste vermelha" o socialismo/comunismo e o nazismo de "peste negra", com os mesmos maus efeitos à fé e sociedade.
    A maçonaria e outras seitas secretas, como Wicca etc., idem.

    ResponderExcluir
  3. OS 10 MANDAMENTOS DE STÁLIN

    No ano de 1913, o déspota Stálin publicou os 10 mandamentos condutores ao comunismo, extremamente agressivo, porém não proporcionaram os resultados esperados.

    Porém, o comunismo reformulou-se, reaparecendo em nova versão, disfarçadamente sob o nome de socialismo, vertente do mesmo, diferindo apenas nos métodos menos agressivos, preferindo o caminho da subversão doutrinária - o Marxismo Cultural - propagado pela conhecida Teologia(Heresia) da Libertação, TL, CEBs, asseclas e partidos socialistas.

    Quando houver a oportunidade de golpe e o encampamento do poder, as forças de segurança de sobreaviso apoiarão o novo regime, e o resultado será: governo totalitarista, materialista, opressor e ateu e patrulhamento ideológico total.

    Ei-los com os procedimentos ardilosos de ação.
    1.Desvirtue a juventude, facillitando o corrompimento ético-moral e sexual, atingindo a todos simultaneamente
    2.Adquira e controle todos os meios de comunicação para propagar a nova doutrinação em massa.
    3. Facilite todas divisões, discórdias e querelas na população, insuflando as discussões sobre assuntos sociais;
    4.Defenda sempre o ESTADO DE DIREITO e enalteça a DEMOCRACIA sob todas formas possíveis e impossíveis, de forma contundente e a todo instante; por detrás o objetivo é o controle total e das liberdades individuais. A ordem é ser sutil.
    5.Gaste ao máximo o dinheiro do erário público, contratando pessoas previamente doutrinadas e assumidas do novo modelo
    6.Mostre sempre ao exterior imagem de país em sublevação, e provoque o pânico e inquietação da população e finja combater. Prendendo os autores, leis brandas propositais os liberarão pouco depois para recomeçarem.
    7. Promova greves justas e injustas e distúrbios forjados em todos os âmbitos; a ordem é causar transtornos à população e revoltá-la e os governantes fingirem que atenderão às reivindicações.
    Mentir, mentir sempre; uma mentira insistida, com o passar do tempo e sempre ratificada, torna-se verdade.
    9.Promova a extirpação dos valores ético-morais-religiosos, da honestidade e credibilidade aos governantes. Os agentes do partido infiltrados nos partidos democráticos acusarão os antisocialistas de irregularidades, colocando-os à opinião pública para execração, a não ser que se mudem a favor do socialismo.
    10,Cadastre todos os possuidores de armas para as apreenderem em momento oportuno e não haver possiblidade de reação, tornando impossível qualquer resistência à causa, em caso de golpe.

    Os relatos acima a situações atuais não são meras coincidências; confira as admoestações dos últimos 10 S Padres de os católicos jamais votarem em candidatos e partidos socialistas - piores ainda são os possuidores de militância ativa - sob pena de exclusão automática da Igreja por apostasia.

    ResponderExcluir